quinta-feira, 31 de julho de 2008

Denílson Campos

Aqui no blog, você conhece um pouco sobre a turma que acompanha Lenine há um tempão. A cada semana , um perfil novo. Confira!





O engenheiro de som, Denílson Campos trabalha em estúdios desde 85, mas foi o ano de 92 que marcou o início da parceria com o Lenine. “O conheci através do Suzano e fizemos nós três o ‘Olho de Peixe’ (93). Alguns anos e alguns shows depois no Brasil e no exterior, Lenine lança seu primeiro CD solo, ‘O dia em que faremos contato’ (96/97). A partir daí, tenho acompanhado o Lenine como técnico de PA em todas as turnês, tanto no Brasil como no mundo”, diz.

Paralelamente ao trabalho com música, comecou a fazer edição de som e mixagem de documentários para cinema em seu próprio estúdio de mixagem. Nele já finalizou, por exemplo, “O Avesso da Bossa" e "7 x Bossa". “No momento estou começando a edição do filme que comemora 25 anos de carreira dos Titãs”, revela.

Exclusivamente como engenheiro de gravação e mixagem trabalhou até 92, quando montou seu estúdio de masterização. “Neste período trabalhei com artistas como Marisa Monte, Marina, Barão Vermelho, Moska, Zizi Possi, Ivan Lins, Milton Nascimento, Gal Costa, Roberto Carlos, Celso Fonseca, Marcos Suzano, Paulo Moura, Boca Livre, Ana Carolina, Carlinhos Brown, Titãs, Gilberto GIl, Baby Consuelo, Tom Jobim, Leila Pinheiro, Guinga, Vulgue Tostoi, Grupo Corpo (trilha composta por Lenine e Jr.Tostoi), entre outros”, enumera.

Nas fotos, o fera em dois momentos: relax gravando a voz no orquidário e pilotando a super sala de mixagem do Real World.

3 comentários:

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Legal saber da trajetória do pessoal.
Ouvindo, reconhecemos o talento pela emoção, é uma outra viagem. Porém, tem sempre aquele lance do dom e penso isso faz a diferença. O Denilson tem este traço, assim como o resto da banda e o próprio Lenine.Tudo bem, tem a transpiração também, a exigência da criação ,do frescor , ali em 24 horas, como o Lenine fez para este disco...mas é preciso dizer, não é para todo mundo não!
É bonito de ver, ouvir, curtir e dividir!
Obrigada moçada por estas músicas lindas que vocês dividem com a gente e com o mundo!
Um abraço,
Ana (Salvador)

Anônimo disse...

O mais legal que eu achei foi o tratador de maconha e a seda Smoking...na primiera fotografia. Imagino o cheirinho bom que deve rolar dentro destas salas.
Um forte abraço de um Roadie de Recife!